BSBIOS lança Relatório de Sustentabilidade 2021 com faturamento recorde e avanço em estratégia de internacionalização

Compartilhar:

Foto: Diogo ZanattaGrupo lançou documento nesta terça-feira (19), que destaca resultados referentes ao ano de 2021, bem como políticas, estratégias e compromisso com temas ambientais, sociais e de governança corporativa da jornada ESG

 

A BSBIOS lançou nesta terça-feira (19/04), a sexta edição do seu Relatório de Sustentabilidade. O ano de 2021 foi marcado por eventos importantes de governança. A Companhia passou a ser controlada 100% pela ECB Group Holding. A BSBIOS passou a controlar a BSBIOS Paraguay, a BSBIOS São Paulo e a BSBIOS Switzerland atingindo uma receita líquida de R$ 8,8 bilhões, com lucro líquido de R$ 83,5 milhões e EBITDA de R$ 316,3 milhões de reais em 2021.

 

Além de apresentar os resultados e realizações referentes ao ano de 2021, o Relatório detalha as políticas, estratégias e compromissos com temas ambientais, sociais e de governança corporativa, dentro da jornada Environmental, Social and Governance (ESG).

 

“Com a responsabilidade de uma empresa que cresceu muito em 17 anos, temos consciência do papel crucial de nossa empresa na transição para uma economia de baixo carbono, neutralizando os gases de efeito estufa (GEE) por meio de um produto renovável e menos poluente que o combustível fóssil”, analisa Erasmo Carlos Battistella, CEO da BSBIOS. “Trabalhamos com foco não só no crescimento, mas também no desenvolvimento sustentável contribuindo para a construção de uma matriz energética mais limpa com impacto positivo e de longo prazo que podemos deixar para as pessoas e para o planeta”, disse durante o lançamento do Relatório.

 

Com uma produção de biodiesel de 895.463 m³ (18,5% superior a 2020), a empresa atingiu um market share no Brasil de 13,2%, se mantendo na posição de maior produtora de biodiesel do país pelo quarto ano consecutivo.

 

As unidades de produção de biodiesel em Passo Fundo (RS) e em Marialva (PR), receberam incremento de 13% em suas capacidades produtivas, chegando a 936 milhões de litros de biodiesel/ano. A Companhia foi responsável por 21,89% do PIB de Passo Fundo e 38,31% do PIB de Marialva, em 2019, contribuindo com impostos na soma de R$ 1,4 bilhão na cidade gaúcha R$ 540 milhões para o município paranaense. No período de 2005 a 2019, a BSBIOS contribuiu de uma forma direta ou indireta para o PIB em R$ 20,8 bilhões, em Passo Fundo, e R$ 4,2 bilhões, em Marialva.

 

Cenário para a Mobilidade Sustentável

 

Em 2021, apesar do cronograma brasileiro ter previsto atingir 13% de mistura de biodiesel (B13), esse valor oscilou entre 10 e 13%, o que representou uma demanda menor do que a prevista. “Esse panorama desafiador foi enfrentado com um processo de mobilização e convencimento do setor para demonstrar a consumidores e agentes públicos a importância cada vez maior do biocombustível para superar o desafio da mobilidade sustentável e da descarbonização dos transportes”, explica Battistella. “Por isso queremos que cada vez mais pessoas conheçam nossas empresas e este Relatório de Sustentabilidade é uma ferramenta para isso”, completa.

 

Internacionalização

 

A recente operação anunciada na Suíça (aquisição da MP Biodiesel) confirma a direção certa para atingir o objetivo estabelecido no planejamento estratégico, que é levar a BSBIOS a ser uma das três maiores produtoras de biocombustíveis do mundo e carbono neutro até 2030.

 

A BSBIOS Paraguay mantém seu desafio de construir, até o fim de 2025, a biorrefinaria Omega Green no país vizinho, iniciativa considerada de interesse nacional pelo governo local. As competências e as experiências da BSBIOS no Brasil serão fundamentais para o sucesso e a expansão deste importante setor na região que receberá a primeira usina produtora de biocombustíveis avançados HVO (sigla em inglês para Hydrotreated Vegetable Oil) e do SPK ou SAF (Synthetic Paraffinic Kerosine – pode ser utilizado misturado ao querosene de aviação).

 

Lançado em fevereiro de 2019, o projeto Omega Green é o maior investimento privado da história do Paraguai. Os produtos serão destinados à exportação para os Estados Unidos, Canadá e membros da União Europeia.

 

Manifesto BSBIOS de Sustentabilidade

 

Em março deste ano, a empresa também publicou o Manifesto BSBIOS de Sustentabilidade, que define a estratégia alinhada ao planejamento estratégico. As diretrizes da atuação estão focadas em compromissos concentrados em três pilares: cadeia de suprimentos responsável, cuidados com colaboradores e comunidades do entorno, e colaboração com clientes e sociedade.

 

O Relatório de Sustentabilidade segue as diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI), adotando o modelo ESG e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). O conteúdo do relatório foi auditado de forma independente pela KPMG.

 

Sobre a BSBIOS

 

Maior produtora de biodiesel do Brasil, a BSBIOS é uma empresa brasileira sociedade anônima de capital fechado e de propriedade integral do ECB Group e acaba de completar 17 anos de história. O principal negócio é o biodiesel, um combustível mais limpo do que o fóssil e com potencial de descarbonização do setor de transporte. Ele é produzido a partir de óleos vegetais, da gordura animal e do óleo reciclado, em duas unidades nas cidades de Passo Fundo/RS e Marialva/PR.

 

Energia renovável e agronegócio são as frentes de atuação da empresa. Da produção do biodiesel geram-se coprodutos importantes como a glicerina e a borra. Na unidade de Passo Fundo também se realiza o processamento da soja com capacidade de esmagar 3.200 toneladas por dia. Essa planta gera também produtos ligados a cadeia do agronegócio como farelo, casca, resíduo e óleo degomado de soja.

 

Em 2021, a BSBIOS garantiu a aquisição de percentuais mínimos de matérias-primas da Agricultura Familiar (40% na Região Sul e 30% na Região Nordeste) contemplando mais de 10 mil famílias.

 

A empresa possui certificações nacionais e internacionais de seus produtos, que atestam a qualidade, a sustentabilidade e sua conformidade. A ISCC atesta que o biodiesel produzido pela BSBIOS, desde a produção da matéria-prima sustentável (gorduras animais) até a sua industrialização, reduz de 86% a 90% a emissão de Gases de Efeito Estufa (GEE), se comparado ao diesel fóssil, colaborando para a redução de emissões de CO2 na atmosfera. Além disso, a companhia conquistou duas novas certificações (ISO 14001 e ISO 45001) e o Selo APROBIO de qualidade.

Confira o Relatório de Sustentabilidade 2021 na íntegra: