BSBIOS lança Programa de Fornecedor Sustentável para formar uma cadeia que atenda as demandas do mercado interno e externo

Compartilhar:

A iniciativa alinhada com os princípios do ESG (Ambiental, Social e Governança) vai promover a qualificação dos fornecedores de matéria-prima com bônus de crédito de carbono

A BSBIOS lançou nesta segunda-feira (22/08) o Programa Crédito de Fornecedor Sustentável 2SC, uma iniciativa alinhada com os princípios do ESG (Ambiental, Social e Governança) com o objetivo de aumentar a qualidade e promover o desempenho permanentes da cadeia de suprimentos visando mitigar riscos e obter ecoeficiência, assim como garantir a participação das empresas no mercado de combustíveis sustentáveis por meio de certificações.

Durante o evento em Passo Fundo (RS), Erasmo Carlos Battistella, presidente da BSBIOS, destacou que o Programa reflete o propósito da empresa em participar do desenvolvimento sustentável do planeta por meio do agronegócio e das energias renováveis. “O objetivo é construir juntamente com os parceiros da BSBIOS uma cadeia de fornecimento de matéria-prima sustentável para a produção de biocombustíveis, que atendam as demandas dos mercados interno e externo. A conquista de certificações nada mais é do que a demonstração para o mundo do que já é uma realidade no Brasil: nós somos exemplo de produção de matérias-primas e de biocombustíveis com sustentabilidade”, explicou Battistella.

A BSBIOS estabeleceu o objetivo de ser carbono neutro nos escopos 1 (operações diretas) e 2 (energia utilizada nos processos) até 2030 e espera, com o anúncio do Programa Crédito de Fornecedor Sustentável 2SC, começar o processo para atingir a meta do escopo 3 (cadeia de suprimentos), que envolve a neutralidade de toda a cadeia produtiva.

Certificações nacionais e internacionais

O Programa considera aspectos e impactos socioambientais, riscos e oportunidades, expectativas e necessidades das partes interessadas, promovendo critérios socioambientais, conforme certificações nacionais e internacionais, e critérios ESG específicos e relevantes para a BSBIOS.

O parceiro que participar do programa e fornecer matéria-prima sustentável terá acesso a benefícios financeiros divididos em categorias de acordo com o avanço em relação ao atendimento dos critérios das certificações sustentáveis nacionais e internacionais. “Este programa permitirá aos fornecedores o acesso a cadeia produtiva do mercado de carbono, desenvolver a rastreabilidade da cadeia produtiva e potencializar impactos socioambientais positivos e o desenvolvimento sustentável”, comemora Battistella. Segundo ele, com mais matéria-prima sustentável, é possível triplicar a exportação de biodiesel porque já há demanda.

De forma evolutiva, o fornecedor certificado, ou que esteja conforme os critérios das certificações, poderá participar da etapa de Gestão ESG que irá lhe proporcionar um maior reconhecimento. Para tanto deverá observar os critérios estabelecidos pela BSBIOS relacionados com os aspectos ambientais, sociais e governança associados com o atendimento dos requisitos legais, boas práticas, ações de educação e comunicação.  Os fornecedores serão apoiados pela BSBIOS, de forma técnica e financeira, a fim de se tornarem aptos aos padrões do programa.

A cada conquista das premissas das certificações de sustentabilidade como o RenovaBio (Política Nacional de Biocombustíveis), o ISCC (International Sustainability and Carbon Certification), o 2BSvs (Biomass Biofuel Sustainability Voluntary Scheme), a EPA (Environmental Protection Agency) e o CARB (The California Air Resource Board), o fornecedor terá acesso a um valor de bônus concedido em forma de Crédito de Descarbonização (CBIO) com base na relação crédito/tonelada de matéria-prima elegível comercializada e entregue a BSBIOS. Nesta primeira onda do programa, estarão participando fornecedores de gorduras animais, óleo de cozinha usado e soja. Mais informações sobre o programa podem ser encontradas no site da empresa www.bsbios.com .