Imprensavoltar

Notícias

31/03/2017
Comunidade
BSBIOS renova parcerias com instituições sociais

Transformação em arte Um singelo ‘muito obrigado’ entoado pelas crianças do projeto Transformação em Arte foi o suficiente para verificar que o projeto tem executado com maestria a sua finalidade que se propõe, que é proporcionar um processo de formação, conscientização e participação da sociedade a cerca de 60 crianças, filhos de recicladores da Vila Popular. Da mesma forma os diretores foram acolhidos pelas crianças do Lar Emiliano Lopes, da Vila Operária, ambos de Passo Fundo/RS. A visita às entidades nessa quinta-feira (30) teve por objetivo renovar a parceria que a BSBIOS mantém com ambos locais.

O diretor presidente da BSBIOS, Erasmo Carlos Battistella, destaca que com essas ações a companhia está retornando para a comunidade o apoio que recebido quando da instalação da empresa. “Temos a certeza que as duas instituições tem exercido um papel fundamental de orientação para essas crianças e adolescentes, o que aprendem nestes locais as ajuda a preparar para ter um futuro melhor, com uma família e um trabalho digno,” afirmou o empresário.

A coordenadora do Projeto Transformação em Arte, Ir. Inês Sartori, destacou que a parceria já acontece há sete anos. “O apoio das empresas e dos amigos são fundamentais para manter o nosso trabalho, aqui as crianças tem oficinas no turno inverso ao escolar, que vão além de ensinar novas técnicas, pois aqui transformamos essas crianças em cidadãos prontos para atuar na sociedade,” ressaltou a coordenadora lembrando que algumas crianças que passaram pelo projeto já estão trabalhando.

Lar Emiliano Lopes_ong O vice-presidente do Lar Emiliano Lopes Adelino César Fernandes da Silveira, destaca que através das atividades culturais são criados vínculos importantes com as crianças. “Aqui são ofertadas oportunidades para que os frequentadores possa ter uma melhor perspectiva de vida, são oficinas culturais e educacionais que os auxiliam também a entrar no mercado de trabalho,”  destacou Silveira, agradecendo a parceria que se estende há nove anos.

Também estiveram participando das atividades o Secretário Municipal de Cidadania e Assistência Social Wilson Lill, o coordenador do Projeto Transformação Ir. Moacir Filipin, o presidente do Lar Emiliano Lopes, Israel Júlio Cesar, o diretor Industrial da BSBIOS Ézio Slongo e o diretor administrativo e financeiro da BSBIOS, Eduardo Kisek.

Ao final da visita as crianças, de 6 à 15 anos, do Projeto Transformação realizaram apresentações de percussão e capoeira e as do Lar Emiliano Lopes apresentaram canto/coral e declamação gauchesca.

Projeto Transformação em Arte

O Projeto Transformação em Arte atende cerca de 60 crianças, entre 6 e 14 anos de idade, filhos de recicladores da Vila Popular. A elas são oferecidas oficinas de informática, percussão, capoeira, entre outros no turno inverso ao escolar.

Lar Emiliano Lopes

Neste ano o Lar passou a ser uma casa de cultura assistencial, atendendo aproximadamente 40 crianças da comunidade, no turno inverso escolar, com oficinas de música, canto, artes, reforço escolar, teatro, entre outros.

divulgue